Loading...

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Reconstruindo os Muros da Determinação

 

             A Águia e a Galinha

Um camponês criou um filhote de Águia junto com suas galinhas.

Tratando-a da mesma maneira, de modo que ela pensasse que também era uma galinha.
Dando a mesma comida jogada no chão, a mesma água num bebedouro rente ao solo, e fazendo-a ciscar para complementar a alimentação, como se fosse uma galinha.
E a Águia passou a se portar como se fosse uma galinha.


Certo dia passou por sua casa um Agrônomo Fazendeiro, que vendo a Águia ciscando no chão, foi falar com o Camponês.
- isto não é uma galinha, é uma Águia.
O Camponês retrucou:
- agora ela não é mais uma Águia, agora ela é uma galinha!
O Agrônomo Fazendeiro disse:
- não, uma Águia é sempre uma Águia, vamos ver uma coisa.
Levou-a para cima da casa do Camponês e elevou-a nos braços e disse:
- voa, você é uma Águia, assuma sua natureza!
Mas a Águia olhava para as galinhas e não voou, e o Camponês disse:
- eu não falei que ela agora é uma galinha!
O Agrônomo Fazendeiro disse:
- amanhã veremos.
Levou-a novamente para cima da casa do Camponês e elevou-a nos braços e disse:
- voa, você é uma Águia, assuma sua natureza!
Mas a Águia olhava para as galinhas e não voou, e o Camponês disse:
- eu não falei que ela agora é uma galinha!
O Agrônomo Fazendeiro disse:
- amanhã veremos.
No dia seguinte, logo de manhã, eles subiram até o alto da montanha, o Agrônomo Fazendeiro levantou a Águia e disse:
- Águia veja este horizonte, veja o sol lá em cima, e os campos verdes da Agronomia lá em baixo, veja todas estas nuvens que podem ser suas. Desperte para sua natureza e voe como Águia que és.
A Águia começou a ver tudo aquilo, e foi ficando Trêmula e Maravilhada com a beleza das coisas que nunca tinha visto. 
Sabemos que é muito difícil um animal que foi criado longe dos instintos dos pais, voltar ao que era, então a Águia ficou um pouco confusa no inicio, sem entender o porque tinha ficado tanto tempo alienada.
Então sentiu o seu sangue de Águia correr nas veias, bateu devagar, suas asas e partiu num lindo vôo, até que desapareceu no horizonte azul. 
Será que essa Águia Sobreviverá? Com certeza ela encontrará outras Águias.



Nenhum comentário:

Postar um comentário